domingo, 18 de abril de 2010

“O Barbeiro de São Pedro da União” está de volta na TV

“O Barbeiro de São Pedro da União” é exibido em várias cidades do país, por intermédio do projeto “Revelando os Brasis”, e será exibido neste domingo(18/04) às 14h30 e terça-feira(20/04) às 23h30, novamente na TV Futura. Imperdível!
Filmagem de “O Barbeiro de São Pedro da União” – Fotos: arquivo ‘Descobrindo os Brasis’

“Revelando os Brasis” é um projeto de inclusão e de formação audiovisuais que viabiliza a produção de vídeos digitais a partir de histórias escritas por moradores de municípios com até 20 mil habitantes. E “O Barbeiro de São Pedro da União” foi um dos 40 vídeos selecionados em todo o Brasil.

O curta (15 minutos) tem a direção de Francisco Tadeu Pereira, morador de São Pedro, que teve a ideia, a iniciativa de gravá-lo e inscrevê-lo no projeto “Revelando os Brasis”. O filme mostra um dia na vida do barbeiro Seu Joanico, avô do diretor, através dos olhos de um forasteiro que chega à barbearia e pede um corte de barba e cabelo. A tarefa, simples, acaba se prolongando devido aos diversos acontecimentos que chamam a atenção do barbeiro.

Os sampetrenses contam que Joanico era um homem sem cerimônia, largava mesmo o cliente em sua cadeira e saía para ver os acontecimentos da rua. Era barbeiro dos bons, mas tinha essa mania. Podia ser qualquer acontecimento da rua, Folia de Reis, futebol entre cidades vizinhas e até sanfoneiros itinerantes. Chegava a deixar as pessoas esperando um bom tempo enquanto “breganhava” um cavalo com os ciganos em troca de uma peruca. Mas era um barbeiro de mão cheia e muito querido pelos moradores de São Pedro da União.

Francisco Tadeu não foi longe para escolher seus atores; na verdade, isso fazia parte do que planejava para o seu projeto. “Queria que o meu vídeo fosse algo que envolvesse pessoas da minha cidade, para ser justamente um pequeno passo para a carreira de cada um”, disse. Para isso, e também para manter a qualidade da atuação, usou um critério para a sua escolha. “Procurei pessoas que tivessem contato com público e algumas até com a profissão que iriam encenar, justamente para quebrar a timidez diante da câmera”. Assim, um bancário da cidade foi o jornalista, uma enfermeira fez o papel de sua própria profissão e um frentista fez o papel de cigano. Pra representar o barbeiro, ninguém melhor que Lázaro Vieira – o Lazinho da Rua D’Aparecida – que, além de também ser barbeiro, é tio de Tadeu e filho de Seu Joanico.

Fonte: Gxp

2 comentários:

Curinga disse...

Aow Chup, chup!!!!!Quero ver esse curta ae!!! Eu corto o cabelo com o Lazinho, e quero dar ver se ele é melhor ator ou barbeiro!!!

(Ti-Luca) disse...

Vou pegar uma cópia com o diretor e deixo na sua casa as margens da BR-146 qdo em for em Guaxupé, ou você quer que manda entregar em São Paulo?
Falow, Léo. T+